Show simple item record

dc.creatorMarinello, Rita de Cássia Laude
dc.date.accessioned2016-06-02T19:14:56Z
dc.date.available2012-04-13
dc.date.available2016-06-02T19:14:56Z
dc.date.issued2010-05-06
dc.identifier.citationMARINELLO, Rita de Cássia Laude. Lobby : uma revisão crítica da literatura brasileira (1994- 2007). 2010. 130 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2010.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/995
dc.description.abstractThis essay is a critic review about the term lobby in Brazil. The redemocratization and the Federal Constitution, wich accured in the early decades of 1980, the studies about politics were worried about the mechanism, working and the efficacy from the politics institutions. From this way, the studies about interested groups, pressure groups and the lobby are dated from 1994 to 2007. In this work, these are two most important discussions: (a) the lack of scientific searching from Brazilian winters, means, the necessity to discus a better conception between groups in a common interested, pressure groups and the lobby to procure an empiric searching without failures; (b) the matter of don´t make use from the north-american lobby model in Brazil for the reason of each country has difference means for social matters, economy, culture, history and politics. Even with the studies about lobby in Brazil, also, there was the bibliographic analyses exposed by the collective action of Mancur Olson. The importance of democracy and the pluralism of developed organized and the grammar of Brazilian politics.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCiência políticapor
dc.subjectLobbypor
dc.subjectAção coletivapor
dc.subjectGrupos de pressãopor
dc.subjectGrupos de interessepor
dc.subjectCollective actioneng
dc.subjectInterested groupseng
dc.subjectPressure groupseng
dc.subjectLobbyeng
dc.titleLobby : uma revisão crítica da literatura brasileira (1994- 2007)por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Noronha, Eduardo Garuti
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6908348693613769por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8246054631389764por
dc.description.resumoResumo Essa dissertação é uma revisão crítica da literatura de lobby existente no Brasil. A redemocratização no país, bem como a formulação de sua Constituição Federal, aconteceram em meados da década de 1980. A partir de então, os estudos da Ciência Política se preocuparam com o mecanismo, funcionamento e eficácia das instituições políticas vigentes. Dessa forma, os estudos sobre grupos de interesse, grupos de pressão e lobby são datados de 1994 a 2007. Nesse trabalho se encontram duas problemáticas principais: (a) a falta de rigor científico por parte dos autores brasileiros, ou seja, a necessidade de se discutir melhor e estabelecer as fronteiras conceituais entre grupo de interesses, grupo de pressão e lobby para assim engendrar uma pesquisa empírica sem falhas; (b) a questão de não aplicar o modelo de lobby norte-americano no Brasil, mesmo o modelo de regulamentação, pois cada país possui suas singularidades sociais, econômicas, culturais, históricas e políticas. Além da análise bibliográfica sobre lobby no Brasil, também foi esboçado o problema da ação coletiva, de Mancur Olson. A importância da democracia e do sistema pluralista ao desenvolvimento de grupos organizados. E as gramáticas da política brasileira.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciência Políticapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::CIENCIA POLITICApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record