Show simple item record

dc.creatorAndrade, Fabio Augusto Alencar de
dc.date.accessioned2018-12-10T16:26:27Z
dc.date.available2018-12-10T16:26:27Z
dc.date.issued2017-07-12
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/10787por
dc.description.abstractThe monitoring of areas in process of restoration is a permanent challenge to be studied. Ecological integrity should assess whether the characteristics of the restored area, its size, its layout in the landscape, floristic composition and structure allow the ecological processes that can persist in the long term to function. Therefore, indicators must contain several measurable parameters such as replicability, sensibility to changes over time and easy to apply and interpret. This work intends to discuss and analyze multicriteria protocol developed with the aim of identifying efficient indicators to evaluate the establishment of ecological processes essential for the self-sustainability of the restoration. In order to do so, we analyzed indicators that reflect the stability and resilience of the area related to diversity (diversity, equitability, richness) and community structure (height, diameter, bifurcation, stratification) and functional diversity (epiphytes, herbaceous and regenerating soil cover, % of species by ecological group, height and % of cover area with litter). The reliability to maintain productivity in the long term was evaluated by: (A) management and protection (presence of termites / ants and vines), (b) anthropic impact (presence of grazing, trails and paths and exotic species), and (c) incidence of light in the soil and 1 m from this. The protocol was applied in two reference areas (fragment of Seasonal Forest at the initial stage of regeneration and one restoration at 6 years) and in 10 restoration models with two years of age, with variation in the proportion of pioneers and non-pioneers and in different densities. The main problem of the protocol of indicators was its application and interpretation in the field, requiring training for its use. The indicators were selected from the analysis of main components and, among them, 61% were redundant or with low sensitivity for the conditions evaluated. The most sensitive indicators for the differences between the areas were soil cover with herbaceous-regenerants and litter, light incidence in the soil and the proportion of non-pioneers. The main characteristic of this protocol used in this work is the ease of its application, but it needs the previous taxonomic knowledge of the species used and their respective ecological functions.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectRecuperação de áreas degradadaspor
dc.subjectEstabilidade e resiliênciapor
dc.subjectMESMISpor
dc.subjectRestoration of degraded areaseng
dc.subjectStability and resilienceeng
dc.titleAnálise da eficiência de protocolo de indicadores de funcionalidade ecológica como ferramenta para o monitoramento de áreas de restauração em floresta estacional semi-decidualpor
dc.title.alternativeEfficiency of a protocol for monitoring ecological functionality in restoration areas of seasonal foresteng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Piña-Rodrigues, Fátima Conceição Márquez
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1475369713141675por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5116451530958708por
dc.description.resumoO monitoramento de áreas em processo de restauração é um desafio permanente a ser estudado. A integridade ecológica deve avaliar se as características da área restaurada, seu tamanho, sua disposição na paisagem, composição florística e estrutura possibilitam o funcionamento dos processos ecológicos capazes de persistir em longo prazo. Por isso indicadores devem conter diversos parâmetros mensuráveis e que sejam passíveis de replicação, sensíveis a mudanças ao longo do tempo e de fácil aplicação e interpretação. Este trabalho pretende discutir e analisar protocolo multicriterial desenvolvido, com vistas a identificar indicadores eficientes para avaliar o estabelecimento de processos ecológicos essenciais para a auto sustentabilidade da restauração. Para tanto foram analisados indicadores que refletem a estabilidade e resiliência da área relacionados à diversidade (diversidade, equitabilidade, riqueza) e estrutura da comunidade (altura, diâmetro, bifurcação, estratificação) e diversidade funcional (epífitas, cobertura do solo com herbáceas e regenerantes, % de espécies por grupo ecológico, altura e % de área de cobertura com serapilheira). A confiabilidade para manter a produtividade no longo prazo foi avaliada por: (a) manejo e proteção (presença de cupins / formigas e videiras), (b) impacto antrópico (presença de pastoreio, trilhas e caminhos e espécies exóticas) e (c) incidência de luz no solo e a 1 m deste. O protocolo foi aplicado em duas áreas de referência (fragmento de Floresta Estacional em estádio incial d eregeneração e uma restauração com 6 anos) e em 10 modelos de restauração com 2 anos de idade, com variação na proporção de pioneiras e não pioneiras e em diferentes densidades de plantio, O maior problema do protocolo de indicadores foi a sua aplicação e interpretação no campo, requerendo treinamento para seu emprego. Os indicadores foram selecionadas a partir da análise de componentes principais e, entre eles, 61% foram redundantes ou com baixa sensibilidade para as condições avaliadas. Os indicadores mais sensíveis para as diferenças entre as áreas foram a cobertura do solo com herbáceas e serapilheira, incidência de luz no solo e a proporção de não-pioneiras. Como principal característica deste protocolo utilizado neste trabalho, destaca-se a facilidade em sua aplicação, porém necessita o prévio conhecimento taxonômico das espécies utilizadas e suas respectivas funções ecológicas.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural (Campus ARARAS)por
dc.subject.cnpqCIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS FLORESTAIS E ENGENHARIA FLORESTALpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus Araraspor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record