Show simple item record

dc.creatorSouza, Gabriela Ferreira de
dc.date.accessioned2016-06-02T18:57:52Z
dc.date.available2014-12-18
dc.date.available2016-06-02T18:57:52Z
dc.date.issued2014-08-26
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/182
dc.description.abstractThe systematization of an agroecological transition and the local-regional markets is extremely important to build knowledge on this area. This systematization enable people, who are involved on this work, to have more precise information, increasing the success in the whole process. The present study systematizes a marketing initiative of agroecological products in Carmen de Viboral, Colombian, Antioquia department, from its agroecological transition, the development, until the concretion and stability of its initiative. The methodological approach was based on a notorious local peasant´s narrative, named Carlos Osorio, it was analyzed the reasons that induced him to work with agroecology, the emergence of a marketing channel, and the meeting with consumers, was take into consideration. It was also observed his present structural and organizational aspects; distinguishing its consumers and the strategies that he used to establish the initiative. It makes use of a semi-structured interview, a questionnaire and Diagnostic Rural Participative. The theoretical framework used was Van der Ploeg (2008) and the Stiologia Zaoual theory (2006). This case study shows the reasons that induced a person to change radically not only his life, but the relation he has taking care of the soil, agriculture, and also their lives. The peasant was succeed of closing a cycle, from its production until finding an autonomous commercialization channel for his agroecological products using mechanisms of symmetric reciprocity; enhancing important values, that our society relativized or even forget about, such as, confidence, solidarity, ethics, love, honesty and long-term planning.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAgroecologiapor
dc.subjectMercado agroecológicopor
dc.subjectIniciativa localpor
dc.subjectTransição agroecológicapor
dc.subjectLocal initiativeseng
dc.subjectPeasant marketseng
dc.subjectAgroecologyeng
dc.subjectAgroecological transitioneng
dc.titleNovas perspectivas para a comercialização de produtos agroecológicos: um estudo de caso em Hojarasca Carmen de Viboral, Colômbiapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Bertazzo, Cláudio José
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1154385746854757por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1398115392612782por
dc.description.resumoA sistematização da transição agroecológica e dos sistemas de comercialização de produtos agroecológicos é de extrema importância para construção do conhecimento nesta área. Esta prática de sistematização permite a obtenção de informações mais precisas para os envolvidos neste trabalho, aumentando a chance de êxito do processo como um todo. A presente dissertação buscou sistematizar uma iniciativa de comercialização de produtos agroecológicos em Carmen de Viboral, Estado de Antioquia, Colômbia, desde sua transição agroecológica e surgimento até a concretização e estabilidade desta iniciativa. Descrevemos e analisamos, a partir da narrativa de Carlos Osorio, um agricultor reconhecido na área, os fatores que o levaram à transição agroecológica, o surgimento de um canal de comercialização e o encontro com os consumidores. Analisamos ainda seus aspectos estruturais e organizacionais atuais; distinguindo seus consumidores e as estratégias criadas neste processo para a estabilização da iniciativa. Foram utilizadas entrevistas semi-estruturadas, um questionário e o diagnóstico rural participativo. Utilizou-se o referencial teórico de Van der Ploeg (2008) e a teoria da sitiologia de Zaoual (2006). A experiência sistematizou as condicionantes que levam uma pessoa a transformar radicalmente, não apenas sua maneira como se relaciona com a terra e com a agricultura, mas, sua vida por completo. O agricultor conseguiu alcançar com êxito o fechamento de um ciclo, desde a produção até um meio de comercialização mais autônomo de seus produtos agroecológicos a partir de mecanismos de reciprocidade simétrica, construindo e reforçando valores que a sociedade globalizada relativiza ou esquece, como a confiança, a solidariedade, a ética, o amor, honestidade e planejamento em longo prazo.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Ruralpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS AGRARIASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record