Show simple item record

dc.creatorCardoso, Paula Tatiana
dc.date.accessioned2016-06-02T19:46:09Z
dc.date.available2009-11-13
dc.date.available2016-06-02T19:46:09Z
dc.date.issued2009-03-27
dc.identifier.citationCARDOSO, Paula Tatiana. Inclusão escolar de crianças com necessidades educacionais especiais : práticas e perspectivas de terapeutas ocupacionais. 2009. 181 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2009.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/3039
dc.description.abstractMore importance is being attributed to the inclusion of children with special needs in the general school education system in Brazil. In this context, there has been increased discussion regarding the use of several different knowledge fields in the elaboration and execution of child-inclusive working practices. This study s objective is to identify and characterize, in the occupational therapists point of view, the working practices used by Occupational Therapy professionals in the process of including special needs children in general school, in the State of São Paulo. The study also tried to identify strategies and actions that could be used and reinforced in this context. A survey was designed and applied, collecting data from 127 occupational therapists that work or have worked with child inclusion and who are members of the Regional Counsel of Phisioterapy and Occupational Therapy of the State of São Paulo, Crefito-3. The survey was designed by the researcher using previous studies as a reference, was submitted to the analysis of external senior professionals and professors, and was pilot-tested with a sample of occupational therapists. Three strategies were adopted in the data-collection process: sending the survey through mail, electronic mail or collecting the responses via an internet site. The data collected was subjected to descriptive-exploratory analysis and correlation analysis. The main results obtained indicate that occupational therapists that become involved in the child-inclusion process: a) get involved with child-inclusion through the medical environment, in clinics; b) work in the general education system; c) involve the family of the children and other healthcare professionals in the process; d) identify the lack of knowledge of teachers and of the school in general as the greatest single obstacle in their work, and e) recognize as high the impact occupational therapists can have in the child-inclusion process in general schools.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEstudantes com necessidades educacionais especiaispor
dc.subjectInclusão escolarpor
dc.subjectTerapia ocupacionalpor
dc.subjectSchool inclusioneng
dc.subjectChildren with special educational needseng
dc.subjectOccupational therapyeng
dc.titleInclusão escolar de crianças com necessidades educacionais especiais : práticas e perspectivas de terapeutas ocupacionaispor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Matsukura, Thelma Simões
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5808878063416033por
dc.description.resumoTem sido cada vez mais forte o movimento para a inclusão da criança com necessidade educacional especial no sistema de educação regular no Brasil e dentre os tópicos mais discutidos para a efetivação deste processo está a importância do envolvimento de diferentes campos de conhecimento na elaboração e concretização das práticas inclusivas. O presente estudo teve como objetivo identificar e caracterizar, sob a ótica de terapeutas ocupacionais, as ações e realidade das práticas desenvolvidas pela Terapia Ocupacional no processo de inclusão escolar de crianças com necessidades educacionais especiais no Estado de São Paulo. Como objetivo específico pretendeu identificar outras estratégias e ações que poderiam ser implantadas e ampliadas considerando a inclusão escolar e a atuação da Terapia Ocupacional nesse contexto. Foi realizada uma pesquisa de levantamento survey, que contou com a participação de 127 terapeutas ocupacionais associados ao Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional do Estado de São Paulo Crefito-3, que em sua prática profissional desenvolvem ou já desenvolveram ações voltadas para a inclusão escolar. O instrumento utilizado para a coleta de dados foi um questionário elaborado pelo pesquisador a partir de referências da área, submetido à análise de juízes externos e previamente testado junto a uma amostra de profissionais. Três estratégias foram adotadas para a coleta dos dados: contato com os profissionais por correio tradicional; contato com os profissionais e coleta de dados por correio eletrônico; coleta de dados através de site na internet. Os dados coletados foram submetidos a análises exploratórias descritivas, Análise de Conteúdo e testes de correlação e os principais resultados obtidos indicaram que os terapeutas ocupacionais envolvidos com o processo de inclusão escolar: a) se envolvem com a inclusão escolar principalmente a partir do atendimento em ambiente clínico; b) atuam na escola regular; c) têm a participação da família e de outros profissionais em sua atuação; d) identificam a falta de preparação dos professores e da escola para o processo de inclusão escolar como os maiores obstáculos para o seu trabalho; e) identificam a importância e a necessidade de ampliação da inserção da Terapia Ocupacional nas escolas regulares.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educação Especialpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO ESPECIALpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record