Show simple item record

dc.creatorMartinetti, Thaís Helena
dc.date.accessioned2016-06-02T20:00:29Z
dc.date.available2009-11-12
dc.date.available2016-06-02T20:00:29Z
dc.date.issued2009-04-27
dc.identifier.citationMARTINETTI, Thaís Helena. Análise das estratégias, condições e obstáculos para implantação de técnicas mais sustentáveis para tratamento local de efluentes sanitários residenciais. Caso: assentamento rural Sepé-Tiaraju, Serra Azul-SP. 2009. 246 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2009.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/4269
dc.description.abstractThe lack of sanitation systems is one of the main causes of insalubrity and environmental degradation. The term sustainability has provoked a debate in the literature, derived, mainly with the environmental concern and the use of the non-endless natural resources. Besides environmental and ecological issues, the concept incorporates the economical, social, cultural and political dimensions. The last one emphasizes the people participation on making decisions, management and general control of the production process, through the comprehension of the reality and the analysis of different alternatives. The use of participatory processes for taking decision to the choice of more sustainable domestic wastewater system, besides easing the knowledge transfer, permit access to the nonconventional techniques. General purpose was to analyze the strategies, conditions and obstacles for the implantation of more sustainable domestic wastewater systems, containing as experimental object the Rural Settlement Sepé-Tiaraju, located in Serra Azul-SP (Brasil), considering the participatory process for families taking decisions. General strategy used was the participatory action research, which the researcher and the families interact with each other in a cooperative and participatory way. General steps of the action were: 1- participatory process for domestic wastewater systems choice; 2- executive project and the budget system; 3- execution plan of the pilot system; 4- family organization for the execution of the pilot system; 5- the execution of the pilot system; 6- the system maintenance and utilization instructions. For each verified hypothesis, it was elaborated a spreadsheet in where it was explained: the type of information (variable), the evidence sources, the proceedings for the data collection and analysis. It was used as evidence sources the reports, the spreadsheets, the audiovisual images from the discussion meetings with the families and the execution of the domestic pilot wastewater system. Products were: 1- characterization of the domestic wastewater system choice by participatory process for the case of rural settlement Sepé- Tiaraju; 2- characterization of the domestic pilot wastewater system execution by participatory process; 3- sustainability and the participatory action research analysis for the more sustainable domestic wastewater system implantation. Results indicate that the use of participatory process enables the information access, the choice of non-conventional techniques and more sustainable, although it takes more time of the evolved actors (researcher and families) and the adequacy of the activities to the social reality and the capacity of comprehension of the participants. Challenges are related to the actors governance, conflicts and financial resources governance, besides the match of disposable time for the research and the action in the social reality.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Minas Gerais
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectÁreas residenciaispor
dc.subjectTratamento de esgotopor
dc.subjectSustentabilidadepor
dc.subjectParticipação socialpor
dc.subjectAssentamento ruralpor
dc.subjectSaneamento ambientalpor
dc.subjectTratamento de efluentes sanitáriospor
dc.subjectEnvironmental sanitationeng
dc.subjectDomestic wastewater treatmenteng
dc.subjectSustainabilityeng
dc.subjectParticipatory processeng
dc.subjectRural settlementeng
dc.titleAnálise das estratégias, condições e obstáculos para implantação de técnicas mais sustentáveis para tratamento local de efluentes sanitários residenciais. Caso: assentamento rural Sepé-Tiaraju, Serra Azul-SPpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Teixeira, Bernardo Arantes do Nascimento
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4786362T2por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0321765590670438por
dc.description.resumoA ausência de saneamento ambiental é uma das principais causas de insalubridade e degradação ambiental. O termo sustentabilidade tem provocado um debate na literatura, derivado, principalmente, da preocupação com o meio ambiente e a utilização dos recursos naturais finitos. Além de questões ambientais e ecológicas, o conceito incorpora as dimensões econômica, social, cultural e política. A dimensão política da sustentabilidade enfatiza a participação das pessoas na tomada de decisão, gestão e controle coletivo dos processos de produção, por meio da compreensão da realidade e da análise das diferentes alternativas. A adoção de processos participativos para escolha de sistemas de tratamento esgoto residenciais mais sustentáveis, além de possibilitar a transferência do conhecimento, permite acesso às técnicas não convencionais. O presente estudo tem como objetivo geral analisar as estratégias, condições e obstáculos para implantação de técnicas mais sustentáveis de tratamento de efluentes sanitários residenciais, tendo como objeto empírico o Assentamento Rural Sepé- Tiaraju, localizado no município de Serra Azul, SP, levando em conta processos participativos para tomada de decisão das famílias. A estratégia geral de pesquisa utilizada foi a pesquisaação participativa, em que o pesquisador e as famílias interagem de modo cooperativo e participativo. As etapas gerais da ação referem-se a: 1- processo participativo de escolha do sistema de tratamento local de efluentes sanitários residenciais; 2- projeto executivo e orçamento do sistema; 3- planejamento da execução de sistema piloto; 4- organização das famílias para a execução de sistema piloto; 5- execução do sistema piloto; 6- instruções para uso e manutenção do sistema. Para cada hipótese verificada, foi elaborada uma planilha em que foram explicitados: o tipo de informação (variável), as fontes de evidências, os procedimentos para coleta e análise dos dados. Foram utilizados como fontes de evidências os relatos, planilhas, imagens audiovisuais das reuniões de discussão com as famílias e da execução do sistema piloto de tratamento de efluentes sanitários residenciais. Os produtos obtidos foram: 1- caracterização do processo participativo para escolha de sistema de tratamento de efluentes sanitários residenciais mais sustentáveis para o caso do Assentamento Rural Sepé-Tiarajú, 2- caracterização do processo participativo para construção de sistema piloto de tratamento de efluentes sanitários residenciais; 3- análise da sustentabilidade e pesquisa-ação participativa para escolha e implantação de sistema de tratamento de efluentes sanitários residenciais mais sustentáveis. Os resultados indicam que a utilização de processos participativos possibilita além do acesso às informações, a escolha de técnicas não convencionais e mais sustentáveis, porém demanda um tempo maior de dedicação dos atores envolvidos (pesquisadores e famílias) e adequação das atividades à realidade social e capacidade de compreensão dos participantes. Os desafios são relativos à governabilidade de diferentes tipos de atores, conflitos e recursos financeiros, além da compatibilização dos tempos disponíveis para a pesquisa e ação na realidade social.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Engenharia Urbanapor
dc.subject.cnpqENGENHARIASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record