Show simple item record

dc.creatorOliveira, Fernanda Ribeiro de Andrade
dc.date.accessioned2016-06-02T18:57:27Z
dc.date.available2010-08-13
dc.date.available2016-06-02T18:57:27Z
dc.date.issued2008-12-12
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Fernanda Ribeiro de Andrade. Sustentability and soil quality in organic and conventional sugarcane establishments.. 2008. 80 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Agrárias) - Universidade Federal de São Carlos, Araras, 2008.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/74
dc.description.abstractSoil quality evaluation is an important strategy, as it allows producers to focus agriculture techniques to constantly develop and maintain adequate, selfsustainable productions equilibrium. This study evaluated rural activities environmental impact by the system APOIA-NovoRural, as well as the influence of different sugarcane production systems on soil quality through physical, chemical and biochemical indicators. Six sugarcane aguardente production establishments were selected in Piracicaba, Socorro, Jaguariúna, Holambra e Ribeirão Preto, in the state of São Paulo, Brazil. In each property two treatments were studied, sugarcane cultivated soil under organic or conventional system and, soil under native forest, taken as basal reference. The APOIA-NovoRural indicated better environmental performance on the organic than conventional system, emphasizing the establishments landscape ecology and administration. Most indicators pointed out better soil conservation contribution by organic system. Among them, aggregate stability (Ea), organic matter (MO), dehydrogenase (Des), polysaccharides (Poli) and microbial biomass (Bm) can be used as system sustainable indicators. Isolated values don t work as reliable and accurate indicators for soil conditions, however, when evaluated together through Principal Components Analysis (PCA), they are able to show the alterations occurring in the environment due to the different handling of the soil. Thus, the selected attributes can provide subsidy to a correct land use.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSolos - conservaçãopor
dc.subjectSistemas de produçãopor
dc.subjectIndicadores da qualidade do solopor
dc.subjectQuímicos e bioquímicospor
dc.subjectCrop systems, soil conservationeng
dc.subjectPhysical, chemical and biochemical indicatorseng
dc.titleSustentabilidade e qualidade do solo em propriedades de cana-de-açúcar orgânica e convencionalpor
dc.title.alternativeSustentability and soil quality in organic and conventional sugarcane establishments.eng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Valarini, Pedro José
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9101386053957180por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0761903520215074por
dc.description.resumoA avaliação da qualidade do solo é uma importante estratégia, pois permite aos produtores direcionar técnicas agrícolas para melhorias constantes visando estabelecer e manter produtividades adequadas ao equilíbrio de um sistema auto-sustentável. Este trabalho avaliou o impacto ambiental das atividades rurais através do sistema APOIA-NovoRural, bem como a influência de diferentes sistemas de produção de cana-de-açúcar na qualidade do solo, através de atributos físicos, químicos e bioquímicos. Foram estudadas seis propriedades de cultivo de cana-de-açúcar para produção de cachaça, nos municípios de Piracicaba, Socorro, Jaguariúna, Holambra e Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo. Em cada propriedade estudaram-se dois tratamentos, solo cultivado com cana-de-açúcar sob sistema orgânico ou convencional e, solo sob mata nativa, tomado como referência. O APOIA-NovoRural indicou melhor desempenho ambiental no sistema orgânico em relação ao convencional, destacando-se as características da ecologia da paisagem e gestão e administração das propriedades. A maioria dos atributos indicou que o manejo realizado nas áreas sob cultivo orgânico contribuiu para a manutenção da qualidade do solo. Entre eles os parâmetros estabilidade de agregados (Ea), matéria orgânica (MO), desidrogenase (Des), polissacarídeo (Poli) e biomassa microbiana (Bm) destacaram-se como sensíveis para indicar modificações no ecossistema. Os valores isolados não serviram como indicadores precisos e confiáveis das condições do solo. No entanto, quando avaliados em conjunto, via Análise de Componentes Principais (ACP), mostraram-se sensíveis para captar as alterações ocorridas no ambiente devido às diferentes formas de uso do solo. Assim, os atributos selecionados podem fornecer subsídios para o planejamento do uso correto da terra.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Agroecologia e Desenvolvimento Rural - PPGADR-Arpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS AGRARIASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record