Show simple item record

dc.creatorTavares, Jaciomar Alves
dc.date.accessioned2018-04-10T21:56:18Z
dc.date.available2018-04-10T21:56:18Z
dc.date.issued2018-02-21
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/9715
dc.description.abstractDue to the increasing demand for potassium in Brazil, it is feasible to exploit carnallite in order to supply part of the national need for this alkali metal, whose reserves of raw material - in this case sylvite - are depleted and, therefore, at imminent risk of scarcity. This work proposes to develop, simulate and verify the economic feasibility of the process of dissolution and crystallization of potassium chloride (KC1) from the Carnallite ore, based on theoretical and practical data available in the literature. By means of applied methods and observation of the results, it was verified that the reconstruction of the system diagram KCl-NaCl-MgCl2-H2O (Hoffman, 2004) and the obtaining of its representative equation presented positive results, verified during the comparison between values calculated in the equation and values collected from the original diagram. Another crucial factor in obtaining the equation is that it makes it possible to calculate the concentrations of potassium chloride (KCl) and magnesium chloride (MgCl2) at various temperatures, from 0ºC to 105ºC, which is more imprecise from the interpolation of the limited diagram temperatures. The proposed process provided more than 85% crystallization of potassium chloride, demonstrating its superior performance compared to existing procedures. In this work the simulation of 3 process trajectories was developed, with all its variables and results. These were effective for studies of the determination of the crystallization processes of potassium chloride (KCl) and its economic feasibility, since in Brazil the situation is of a market with great demand and possibility of expansion, an agricultural country and in full development of technologies to expand production, which may mean an increasing demand for potassium chloride (KCl) as fertilizer. The best simulated configuration (higher yield) provides a return rate of 93.71% of the capital invested in a year.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectCarnalitapor
dc.subjectCristalizaçãopor
dc.subjectCloreto de potássiopor
dc.subjectSíntese de processospor
dc.subjectViabilidade econômicapor
dc.subjectCarnalliteeng
dc.subjectPotassium chlorideeng
dc.subjectCrystallizationeng
dc.subjectProcess synthesiseng
dc.subjectEconomic feasibilityeng
dc.titleCristalização e separação de KCI a partir de carnalita : síntese de processo, simulação e viabilidade econômicapor
dc.title.alternativeCrystallization and separation of KCl from carnalite : synthesis of process, simulation and economic viabilityeng
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Bernardo, André
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5705402824877708por
dc.contributor.advisor-co1Giulietti, Marco
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7703659740618915por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3191021230710929por
dc.description.resumoDevido à crescente demanda de potássio no Brasil, torna-se factível a explotação de carnalita, a fim de suprir parte da necessidade nacional desse metal alcalino, cujas reservas de matéria-prima - neste caso, a silvinita - apresentam-se em exaustão e, portanto, em risco iminente de escassez. Desta forma, com base em dados teóricos e práticos disponíveis na literatura, este trabalho propôs desenvolver, simular e verificar a viabilidade econômica do processo de dissolução e cristalização do cloreto de potássio (KC1) a partir do minério carnalita. Por meio de métodos aplicados e observação dos resultados, verificou-se que a reconstrução do diagrama do sistema KCl-NaCl-MgCl2-H2O (Hoffman, 2004) e a obtenção de sua equação representativa apresentou resultados positivos, constatados durante a comparação entre valores calculados na equação e valores coletados do diagrama original. Outro fator importante na obtenção da equação é que ela possibilita os cálculos das concentrações de cloreto de potássio (KC1) e cloreto de magnésio (MgCl2) em várias temperaturas, de 0ºC a 105ºC, o que é mais impreciso a partir da interpolação do diagrama limitado às temperaturas descritas. O processo proposto proporcionou mais de 85% de cristalização de cloreto de potássio, demonstrando seu desempenho superior, em comparação com os procedimentos existentes. Neste trabalho desenvolveu-se a simulação de 3 trajetórias de processos, com todas as suas variáveis e resultados. Estas, apresentaram-se eficazes para estudos de determinação de processos de cristalização de cloreto de potássio (KCl) e suas viabilidades econômicas, uma vez que no Brasil a situação é de um mercando com grande demanda e possibilidade de expansão, por se tratar de um país agrícola e em pleno desenvolvimento de tecnologias para ampliação de produção, o que pode significar uma crescente demanda de cloreto de potássio (KCl) como fertilizante. A melhor configuração (maior produção) simulada, proporciona uma taxa de retorno de 93,71% do capital investido em um ano.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Engenharia Químicapor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA::PROCESSOS INDUSTRIAIS DE ENGENHARIA QUIMICApor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICApor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record