Show simple item record

dc.creatorGaspari, Jaqueline de
dc.date.accessioned2016-06-02T19:39:37Z
dc.date.available2013-09-11
dc.date.available2016-06-02T19:39:37Z
dc.date.issued2013-02-28
dc.identifier.citationGASPARI, Jaqueline de. Mudanças de geração na era digital: o professor de matemática e seus alunos. 2013. 122 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2013.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2680
dc.description.abstractThe society is changing, in this sense, our research arises in order to understand it better, as well as to understand the individuals who compose it. Thus, this research presents a significant relevance, to reflect on the great changes in society that the current technological, information, and digital revolution is causing. And these changes are of interest to us within schools and math classrooms, being often the technological and information area associated with the discipline of mathematics. In writing this dissertation, we present the development paths of research, from choosing a qualitative methodology, which used interviews and questionnaires to the constitution of the research data, until the resulting analyses of dialogue with the chosen theoretical framework, the Mannheim generation theory. Therefore, we intend to answer the research question and the outlined objectives; we also bring along writing, short questions and concerns towards instigating further reflection, as we propose to understand what is laid and not direct solutions. In this context, the guiding question of this research was organized in order to study the Mannheim generation theory, relating it to the social changes brought about by the technological, information, and digital revolution that plaguing the society, trying to understand these changes, especially when it regards to access to the Internet, focusing on the mathematics teacher and their students. Thus, the theoretical framework is centered on two axes; one of them relates to the new technology revolution, in which we address mainly social changes amid the digital age and internet access, as well as, how these changes are happening to our research subjects. The other axis is directly linked to generational issues, from the perspective of the generation theory, written by Karl Mannheim. It was noticed that even with some changes, what still prevails in the math classroom is the traditional teaching, and the informatics and the new technologies have emerged as a new resource for teachers at the planning time; for students, it continues as the entertainment, the search for the news, sometimes in school aid, but mainly to communicate with colleagues and friends. One of the relevant points in studying the Mannheim generational theory is the new way to realize what is a generation, away from the original idea of the chronological focus. We have understood that the speed of changes generated by new technologies leads to generational nuances in contrast to disruptions that marked the another generations in earlier times, i.e., the change of generations does not happen abruptly, but there is a continuous unfolding, where the interaction among the generations is one of the pillars of social evolution. The dissertation results in a novel and interesting theoretical approach, uniting the theme of the digital age, the math teacher and their students, present at some time in academic research, in both areas education and mathematics, with the generational studies of the sociologist Mannheim. With this dialogue, we try to show new possibilities of reflection on the daily math teacher and their students.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEducaçãopor
dc.subjectMudanças de geraçõespor
dc.subjectAcesso à Internetpor
dc.subjectProfessores e alunospor
dc.subjectMatemáticapor
dc.subjectNovas tecnologias digitaispor
dc.subjectProfessor de matemática e seus alunospor
dc.subjectGeneration changeseng
dc.subjectNew digital technologieseng
dc.subjectAccess to the interneteng
dc.subjectMath teacher and his studentseng
dc.titleMudanças de geração na era digital: o professor de matemática e seus alunospor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Vilela, Denise Silva
dc.contributor.advisor1LattesVILELA, D. S.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9522932499424565por
dc.description.resumoA sociedade está em constante mudança, nesse sentido, nossa pesquisa surge no intuito de compreendê-la sempre mais, bem como aos indivíduos que a integram. Assim, a pesquisa apresenta-se de significativa relevância, ao refletir a respeito das grandes mudanças na sociedade que a atual revolução tecnológica, informática e digital vêm ocasionando. E são essas mudanças que nos interessam dentro das escolas e nas salas de aula de matemática, sendo que frequentemente a área tecnológica e a de informática vêm sendo associada à disciplina de matemática. Na escrita deste texto, apresentamos os caminhos de desenvolvimento da pesquisa, desde a escolha por uma metodologia qualitativa, que fez uso de entrevistas e questionários para constituição dos dados da pesquisa, até as análises resultantes do diálogo destes com o referencial teórico escolhido, a teoria das gerações de Mannheim. Por conseguinte, buscou-se responder a questão de pesquisa bem como os objetivos traçados; trazemos também ao longo da escrita, pequenos questionamentos e problematizações no sentido de instigarem novas reflexões, pois nos propomos a compreender o que já está posto e não orientar soluções. Para tanto, a questão orientadora dessa pesquisa esteve organizada no sentido de estudarmos a teoria das gerações de Mannheim, relacionando-a as mudanças sociais ocasionadas pela revolução informática, tecnológica e digital que assolam a sociedade, tentando compreender tais mudanças, principalmente, no que se refere ao acesso à internet, focalizando o professor de matemática e seus alunos. Dessa forma, o referencial teórico está centrado em dois eixos; um deles diz respeito à revolução das novas tecnologias, na qual abordamos, principalmente, as mudanças sociais em meio à era digital e o acesso à internet, bem como, de que forma tais mudanças estão acontecendo para os nossos sujeitos de pesquisa. O outro eixo está diretamente ligado às questões geracionais, sob a perspectiva da teoria das gerações escrita por Karl Mannheim. Percebeu-se que mesmo com algumas mudanças, o que ainda prevalece na sala de aula de matemática é o ensino tradicional, e a informática e as novas tecnologias surgem como um novo suporte para os professores na hora dos planejamentos; para os alunos, continua como o entretenimento, a busca pelas novidades, em alguns momentos o auxílio na escola, mas principalmente para a comunicação com os colegas e amigos. Um dos pontos relevantes em estudar a teoria geracional de Mannheim é a nova forma de perceber o que é uma geração, afastando a ideia inicial do foco cronológico. Compreendeu-se que a velocidade das mudanças geradas pelas novas tecnologias conduz a nuances geracionais em contraposição às rupturas que marcaram outras gerações em épocas anteriores, isto é, a mudança de gerações não acontece mais de forma brusca, mas sim, há um desenrolar contínuo, onde a interação entre as gerações é um dos pilares da evolução social. O trabalho resulta numa abordagem teórica distinta e interessante, unindo a temática em ascendencia da era digital, o professor de matemática e seus alunos, presentes a algum tempo em pesquisas acadêmicas, tanto na área educacional quanto matemática, com os estudos geracionais de Mannheim, vistos em sociologia. Com este diálogo, tentamos mostrar novas possibilidades de reflexão sobre o dia a dia do professor de matemática e seus alunos.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record