Show simple item record

dc.creatorFilardi, André Moura Blundi
dc.date.accessioned2016-06-02T19:39:45Z
dc.date.available2014-07-31
dc.date.available2016-06-02T19:39:45Z
dc.date.issued2014-02-26
dc.identifier.citationFILARDI, André Moura Blundi. As contradições do Programa REUNI: o caso das Ciências Sociais na UFSCar. 2014. 173 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2721
dc.description.abstractThe theme of this dissertation is the development of federal universities in Brazil, due to the implementation of the Support Program for Plans of Expansion and Restructuring of Federal Universities (REUNI), which is our subject of study. This program was settled in 2007, under the supervision of the Ministry of Education (MEC) and its related Department of Higher Education (SESU). The hypothesis developed along this work is that REUNI brings itself a range of implications concerning to the restructuration of federal universities, and those are intrinsically related to economic and politic context of the process known as globalization of capital, as well as to the consequent process of reorganization of brazilian state since the middle of the 1990 decade. REUNI would be, according to this hypothesis, the materialization and consolidation of these processes into brazilian higher education. Our research field is the Federal University of São Carlos (UFSCar) and the Social Sciences graduation course, where we analyze the process of expansion and restructuration of both, university and course, after the implementation of REUNI. It was also analyzed vast documentation and literature (thesis, papers and texts in general) related to the program. Therefore, we attempted, to develop a theoretical path that allowed us to study the expansion and the restructuration of federal universities under different aspects, such as economical, political, educational and academic. It was approached as well the more generic implications and the more peculiar contradictions, considering the expansion of Social Sciences graduation course as a whole. We concluded that REUNI is evidently related to its economic context and that the government aims a specific societal project with this program: the possibility of complete insertion of Brazil into the scenario of globalization of capital.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPolítica e educaçãopor
dc.subjectPrograma REUNIpor
dc.subjectEnsino superiorpor
dc.subjectTrabalho do professorpor
dc.subjectExpansioneng
dc.subjectWorkeng
dc.subjectREUNIeng
dc.titleAs contradições do Programa REUNI: o caso das Ciências Sociais na UFSCarpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Silva, Eduardo Pinto e
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3492708361349827por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6613999817734461por
dc.description.resumoO tema deste trabalho é a expansão das universidades federais no Brasil a partir da implantação do Programa de Apoio a Planos de Expansão e Reestruturação das Universidades Federais (REUNI) que é nosso objeto de estudo. Este programa se estabeleceu a partir do ano de 2007 sob a liderança do Ministério da Educação (MEC) e da Secretaria de Educação Superior (SESU) ligada a este Ministério. Nossa hipótese, desenvolvida ao longo do trabalho, é que o REUNI carrega consigo uma gama de implicações sobre a reforma das universidades federais que está intrinsicamente relacionada com o contexto econômico e político do processo conhecido como mundialização do capital e com o, consequente, processo de reforma do Estado no Brasil a partir de meados da década de 1990. O REUNI seria, segundo nossa hipótese, a materialização e a consolidação destes processos na educação superior no Brasil. Tomamos como campo empírico a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e o curso de Ciências Sociais desta instituição para analisarmos o processo de expansão e reestruturação da universidade e do curso com a implantação do REUNI. Analisamos também vasta documentação e bibliografia (teses, artigos e textos) relacionadas ao programa, assim como os discursos de seis professores do Curso de Ciências Sociais da UFSCar vinculados a distintos departamentos e grupos de pesquisa. Assim, buscamos traçar um caminho teórico que possibilitasse estudar a expansão e a reestruturação das universidades sob seus diversos aspectos tanto econômicos e políticos quanto pedagógicos e acadêmicos; desde suas implicações mais genéricas, com sua perspectiva econômica, até suas contradições mais particulares, com a expansão do curso de Ciências Sociais da UFSCar. Nas entrevistas foi possível identificar as implicações do REUNI no trabalho e cotidiano do professor. Foram estabelecidas as seguintes categorias preliminares de análise: política, gestão e prática universitária e trabalho do professor. Estas categorias preliminares nortearam o recorte dos discursos das entrevistas e seu processo de análise. Concluímos que o REUNI faz parte de seu contexto econômico de maneira evidente e que o Governo busca um projeto societário específico com este programa: a possibilidade da inserção plena do Brasil no cenário da mundialização do capital.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record