Show simple item record

dc.creatorBet, David Silva
dc.date.accessioned2016-06-02T19:39:54Z
dc.date.available2015-04-13
dc.date.available2016-06-02T19:39:54Z
dc.date.issued2015-02-11
dc.identifier.citationBET, David Silva. Televisão e formação na era digital: um exame crítico das pretensões formativas do programa Salto para o futuro. 2015. 189 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2758
dc.description.abstractThe sea of real-time images, the instant access to latest news and the contemporary demand that praises and requires the so-called positive social values pass by the exhausting and brutalized affirmation process of this established culture. Television, in this regard, can become a powerful vehicle of ideology exchange, due to its global reach. However, television could be an education tool, provided that its content and form are properly prepared to this end. Following these discussions, and guided by readings of texts by Theodor W. Adorno and Herbert Marcuse, we propose the analysis of the content of educational television program, transmitted by television and Internet, Salto para o Futuro (Leap into the Future, in Portuguese), on TV Escola (Ministry of Education), as well as the observation of technical changes, in other words, the way the information are structured and transmitted by this mean of communication, born as a result of the digital technology emergence. Analysis has demonstrated that there is Form predominance over Content since the analyzed episode articulates its messages via TV newscast format, which beforehand tends to ensure spectators adhesion by its serious aspect. Another important aspect comes from the presence of a discursive pattern in the messages: the hero specialist teacher cliché who in the future, by magically jumping over the historical and material contradictions in the present days, will save education by using technology. Finally, we conclude that the general format of the Salto Para o Futuro TV show (Leap into the Future, in Portuguese) does not allow the offer for explanatory information. However, through the radical change of its dynamics - disruption of the formal hierarchy by dialectic relation tension of the Formation concept - the program could envision an educational horizon: an aid to reveal the mechanisms that prevent the refusal and resistance of what is presented as if it were real.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectTelevisão na educaçãopor
dc.subjectFormação culturalpor
dc.subjectSemiformaçãopor
dc.subjectIndústria culturalpor
dc.subjectTelevisão digitalpor
dc.subjectSalto para o futuro (Programa de televisão)por
dc.subjectCultural formation (Bildung)eng
dc.subjectSemi formationeng
dc.subjectCultural industryeng
dc.subjectDigital educational televisioneng
dc.subjectSalto para o Futuro (Leap into the Future) TV showeng
dc.titleTelevisão e formação na era digital: um exame crítico das pretensões formativas do programa Salto para o futuropor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Zuin, Antônio Álvaro Soares
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5543562307373287por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2205364981301004por
dc.description.resumoO oceano de imagens em tempo real, o acesso imediato às últimas notícias e a demanda contemporânea que exalta e exige os valores sociais ditos positivos, perpassam pelo exaustivo e embrutecedor processo de afirmação da cultura estabelecida. A televisão, nesse sentido, pode se converter em um poderoso veículo de contrabando ideológico em decorrência de seu alcance global. No entanto, a televisão poderia ser um instrumento de formação, desde que seus conteúdos e sua forma fossem devidamente preparados para esta finalidade. Nessa perspectiva e orientados pelas leituras de Theodor W. Adorno e Herbert Marcuse, propomos um exame acerca do conteúdo do programa de televisão educativa veiculado pela televisão e internet: Salto para o Futuro , da TV Escola (Ministério da Educação), bem como a observação das alterações técnicas, ou seja, da forma como são elaboradas e transmitidas as informações desse meio de comunicação em decorrência da emergência da tecnologia digital. O exame demonstrou que há predominância da Forma em relação ao Conteúdo uma vez que o episódio analisado articula suas mensagens por meio do formato de telejornal, que de antemão tende a garantir a adesão dos espectadores pela aparência de seriedade. Outro aspecto importante decorre da presença de um padrão discursivo das mensagens: o clichê do professor especialista herói que no futuro, por meio de um salto mágico sobre as contradições históricas e materiais do presente, salvará a educação com o uso da tecnologia. Com efeito, concluímos que o formato geral do programa Salto Para o Futuro não permite a oferta de informações de esclarecimento. Contudo, por meio da mudança radical da sua dinâmica o rompimento da hierarquização formal pela relação tensional dialética do conceito de Formação o programa poderia vislumbrar um horizonte pedagógico: um auxílio para revelar os mecanismos que impedem a recusa e a resistência do que é apresentado como se fosse real.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record