Show simple item record

dc.creatorAraújo, Mauro Luciano Souza de
dc.date.accessioned2016-06-02T20:23:11Z
dc.date.available2011-04-28
dc.date.available2016-06-02T20:23:11Z
dc.date.issued2010-08-09
dc.identifier.citationARAÚJO, Mauro Luciano Souza de. Herói popular sob ironia na cena política: estudo sobre o personagem e o entrelaçamento entre ficção e realidade nos filmes Macunaíma (1969) e Terceiro Milênio (1982). 2010. 173 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2010.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5591
dc.description.abstractThe dissertation leans over an analysis of aspects of the mise-en-scène at the two chosen films, having focus in the fictional and non-fictional character rendered ironical in the Cinema Novo s (brazilian new cinema) stage political scene, real scene and at the context during the intensification of a conservative modernization: 1 - Macunaíma (1969), of Joaquim Pedro de Andrade; 2 - Terceiro Milênio (1982), of Jorge Bodanzky and Wolf Gauer. Those are two manners of facing the character - of one side ficcional, with origins in the oral tradition of Amazonian legends, transformed in protagonist of a modernist book by Mário of Andrade, later converted in cinema´s character; on the other side the political protagonist's direct filmed in performance for the documentary -, these two lines have its crossing point that allows an observation of a national type, involved in the double-dealing, of Iberian root sighted in the cunning, a type of the subverted epic's hero. This modern character's in the visual expression fall down in the type of the flâneur, bohemian, roguish - the disinterested or inapt Brazilian hero.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Minas Gerais
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFilme cinematográficopor
dc.subjectModernização - Brasilpor
dc.subjectCulturapor
dc.subjectPersonagenspor
dc.subjectPerformance (Arte)por
dc.subjectDocumentário (Cinema)por
dc.subjectGestuspor
dc.subjectModernizationeng
dc.subjectCharactereng
dc.subjectCultureeng
dc.subjectGestuseng
dc.titleHerói popular sob ironia na cena política: estudo sobre o personagem e o entrelaçamento entre ficção e realidade nos filmes Macunaíma (1969) e Terceiro Milênio (1982)por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Monzani, Josette Maria Alves de Souza
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0505156751073470por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3008173291816360por
dc.description.resumoA dissertação se debruça em uma análise de aspectos da mise-en-scène de dois filmes, tendo como foco o personagem ironizado no tablado ficcional do Cinema Novo, político, real e contextualizado durante a intensificação de uma modernização conservadora: 1- Macunaíma (1969), de Joaquim Pedro de Andrade; 2 Terceiro Milênio (1982), de Jorge Bodanzky e Wolf Gauer. Esses dois modos de se encarar o personagem - de um lado ficcional, com origens na tradição oral de lendas amazônicas, transformado em protagonista de um livro por Mário de Andrade, mais tarde convertido em personalidade do cinema; do outro lado a captação direta do protagonista político em atuação pelo documentário -, têm seu ponto de cruzamento que permite uma observação de um tipo nacional, envolvido na malandragem, de raiz ibérica avistada no pícaro, uma espécie de herói do épico subvertido. Os afluentes modernos deste personagem na expressão visual caem na tipificação do flâneur, boêmio, malandro o desinteressado ou herói inapto.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Imagem e Sompor
dc.subject.cnpqLINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::CINEMApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record