Show simple item record

dc.creatorPizza, Samira Nathalia
dc.date.accessioned2016-10-21T13:06:45Z
dc.date.available2016-10-21T13:06:45Z
dc.date.issued2015-08-25
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/8127
dc.description.abstractThis work is placed in the universe of affirmative action in higher education, emphasizing policies of vacancies reservation for black people in graduation courses. It was analyzed the development of the construction process of the Affirmative Action Program of the Federal University of São Carlos (UFSCar), between 2004 and 2007, being that the period before the implantation of the Affirmative Action Program from UFSCar, covering the stage of discussions and outlining a proposal for an affirmative action program for this university. This study aimed to discuss the vacancy reservation policy for black people in Brazilian higher education; verify the process that led on the introduction of vacancy reservation policy on the graduation courses of UFSCar and its consequences; analyze the process of elaboration and approval of the Affirmative Action Program from UFSCar, based on institutional documents and depositions of participants in this process. It is intended to understand what were the forces that acted for the approval of this policy at UFSCar and how this movement may have contributed on the national stage for the approval of Law n° 12.711.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectAções afirmativaspor
dc.subjectReserva de vagaspor
dc.subjectNegrospor
dc.subjectRelações Étnico-raciaispor
dc.subjectAffirmative Actioneng
dc.subjectVacancy Reservationeng
dc.subjectBlack Peopleeng
dc.titlePrograma de ações afirmativas da UFSCar : O processo de construção da política de reserva de vagas nos cursos de graduaçãopor
dc.title.alternativeAffirmative Action Program from UFSCar: The construction process of the vacancy reservation on graduation courses.eng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Nascimento, Manoel Nelito Matheus
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4486910967478337por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5185380993651935por
dc.description.resumoEsse trabalho está inserido na área da educação, tematicamente abordando o universo das ações afirmativas no ensino superior, com ênfase nas políticas de reserva de vagas para negros em cursos de graduação. Neste trabalho é analisado o desenvolvimento do processo de construção do Programa de Ações Afirmativas da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), compreendendo os anos de 2004 a 2007, período que antecedeu a implantação do Programa de Ações Afirmativa da UFSCar e compreendeu a fase de discussões e delineamento da proposta de um programa de ações afirmativas para esta universidade. O trabalho buscou discutir a política de reserva de vagas para negros na educação superior brasileira; verificar o processo que culminou na introdução da política de reserva de vagas nos cursos de graduação da UFSCar e seus desdobramentos; e analisar o processo de elaboração e aprovação do Programa de Ações Afirmativas da UFSCar com base em documentos institucionais e depoimentos de sujeitos participantes desse processo. Pretende-se compreender quais foram as forças que atuaram para a aprovação dessa política na UFSCar e como esse movimento pode ter contribuído no cenário nacional para a aprovação da Lei n° 12.711.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIALpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record