Show simple item record

dc.creatorBoriollo, Beatriz de Cássia
dc.date.accessioned2016-06-02T19:39:10Z
dc.date.available2004-12-06
dc.date.available2016-06-02T19:39:10Z
dc.date.issued2003-08-22
dc.identifier.citationBORIOLLO, Beatriz de Cássia. A contribuição do jogo teatral para o desenvolvimento da criança pré-escolar: uma análise na perspectiva histórico-cultural.. 2003. 167 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2003.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2535
dc.description.abstractThe intention of this work was to investigate how the activities of theater, carried out in the pre-schools of Infant Education could contribute to the child s development. The approach used in this investigation was the Cultural history of the School of Vigotski and its collaborators. The first discussed point was the meaning of creation and how this could happen in the infancy. The second step was to study the child s development through this theoretical referential prioritizing the concepts that should guide the work with theater in the Infant Education. They are: the concept of the main activity and the concept of the Zone of the Next Development. Understanding the concept of the main activity as the activity responsible for significant changes in the main psychic functions, since the main activity in the pre-school is the role-play, I emphasize its characteristics and differentiate it from the theatrical activity. The contribution of the role-play and the theatrical activities to the child s development lies in the fact that they propitiate the child to carry out tasks and to live situations that he normally still could not live using his psychic functions in development. Thus, the work of the teacher in the theatrical activities and the role-play must be to orient in order to create the Zone of the next Development of the child. The next step was to investigate how the theatrical activity and the role-play happen in the Infant Education. This way I opted to carry out a qualitative research, through semi-structured interviews with eight teachers of Infant Education of three municipal schools (EMEIs) of São Carlos. The analysis indicated that the work with theater performed by the interviewed teachers is little valued and is based on the concept of Theater, Education and Child of each professional. It was also pointed the lack of autonomy of the professionals and a theoretical background that can improve the pedagogical practice in relation to the theatrical activity as well as to the role play. The need of an initial training of the teacher and a continued training is finally discussed to justify the theatrical work as a pedagogical procedure, mainly, as an activity that creates the Zone of Next Development.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEducação infantilpor
dc.subjectTeatropor
dc.subjectZona de desenvolvimento próximopor
dc.titleA contribuição do jogo teatral para o desenvolvimento da criança pré-escolar: uma análise na perspectiva histórico-cultural.por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Basso, Itacy Salgado
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4780310Y0por
dc.creator.Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4775809H5por
dc.description.resumoO intuito deste trabalho foi o de investigar como as atividades de teatro, realizadas nas pré-escolas de Educação Infantil poderiam contribuir para o desenvolvimento infantil. A abordagem utilizada foi a Histórico-Cultural da Escola de Vigotski e seus colaboradores. O primeiro ponto discutido foi o significado de Criação e como ela poderia acontecer na infância. O segundo passo foi estudar o desenvolvimento infantil à luz desse referencial teórico priorizando os conceitos que deveriam nortear o trabalho com teatro na Educação Infantil. São eles: o conceito de atividade principal e o conceito de Zona de Desenvolvimento Próximo. Entendendo o conceito de atividade principal como a atividade responsável por mudanças significativas nas principais funções psíquicas, sendo na préescola a atividade principal o jogo protagonizado, são enfatizadas suas características e diferenças em relação à atividade teatral. A contribuição do jogo protagonizado e das atividades teatrais para o desenvolvimento infantil está no fato de propiciarem à criança realizar tarefas e viver situações que normalmente ainda não poderiam viver utilizando as suas funções psíquicas em desenvolvimento. Sendo assim, o trabalho do professor nas atividades teatrais e no jogo protagonizado deve orientar-se para criar a Zona de Desenvolvimento Próximo da criança. O passo seguinte foi investigar como acontece a atividade teatral e o jogo protagonizado na Educação Infantil. Dessa forma optou-se por realizar uma pesquisa qualitativa, através de entrevistas semi-estruturadas com oito professoras de Educação Infantil de três escolas municipais (EMEIs) de São Carlos. A análise indicou que o trabalho com teatro realizado pelas professoras entrevistadas é pouco valorizado e orienta-se pela concepção de Teatro, Educação e Criança de cada profissional. Apontou, ainda, a falta de autonomia das profissionais e de uma fundamentação teórica que possa dinamizar a prática pedagógica, tanto em relação à atividade teatral quanto ao jogo protagonizado. Discute-se finalmente a necessidade de uma Formação Inicial do professor e uma Formação Continuada que fundamentem o trabalho teatral enquanto procedimento pedagógico, principalmente, como atividade que cria a Zona de Desenvolvimento Próximo.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educação - PPGEpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record