Show simple item record

dc.creatorModro, Marcos Vinícius
dc.date.accessioned2016-06-02T20:25:02Z
dc.date.available2009-08-26
dc.date.available2016-06-02T20:25:02Z
dc.date.issued2009-07-03
dc.identifier.citationMODRO, Marcos Vinícius. Análise do processo de apropriação dos gêneros discursivos em práticas letradas socialmente valorizadas : redações de alunos do cursinho pré-vestibular da UFSCar. 2009. 168 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2009.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5671
dc.description.abstractThis work investigates the process of appropriation of secondary discourse genres (Bakhtin, 1992) in institutional contexts as a part of processes of social participation. Our main objective was to describe and to understand how students of the Vestibular preparatory Course (Cidade Aracy II neighborhood, in São Carlos) appropriate themselves of discursive and textual mechanisms that imply the meaning manners in the argumentative discourse genres, and as these mechanisms interconnect with the social and discursive structures, as ways of participation in the institutional literacy practices. We consider three theoretical assumptions: discourse genres studies into process of teaching/ learning of Portuguese language; the three-dimensional concept of the language of the English linguist Norman Fairclough (2001); and, the Literacy Studies. The work focuses on the access and students participation in different literacy practices and on the textual elements that they integrate into the textual production of those social contexts. The data collected through semi-structured questionnaire and the textual production of the subject of research demonstrate that the students are involved in an initial process of appropriation of the genres of the institutional sphere. We are referring to the knowledge of certain social rules and specific linguistic and discursive of the social sphere (i.e. the Vestibular exam, the University). The results of this research point to the fact that the teacher, as literacy agent, needs to focus on social activities to provide an enlargement of the students previous knowledge, besides creating opportunities so the students to participate in social reading and writing practices of the different social spheres. Thus, through the qualitative research, we intend to offer subsidies for: a) a responsive reflection concerning the school practices and the processes that involve the production of argumentative texts for the Vestibular exam; b) the understanding in the dialectic relationship among social and linguistic elements in the teaching and learning process of Portuguese language; c) the understanding of the inherent subject to the social mobility, to the social identity construction and to the practices of sense production in the speech and in the writing concerning specific social contexts.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectLingüísticapor
dc.subjectGêneros discursivospor
dc.subjectLíngua portuguesa - ensinopor
dc.subjectAnálise crítica do discursopor
dc.subjectPráticas sociais e escolarespor
dc.subjectAnálise tridimensional da linguagempor
dc.subjectDiscourse genreseng
dc.subjectPortuguese teachingeng
dc.subjectThree-dimensional language analysiseng
dc.subjectSchool practice and social practiceeng
dc.titleAnálise do processo de apropriação dos gêneros discursivos em práticas letradas socialmente valorizadas : redações de alunos do cursinho pré-vestibular da UFSCarpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Martins, Maria Sílvia Cintra
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9241992645160356por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7433211898884174por
dc.description.resumoEste trabalho investiga o processo de apropriação dos gêneros discursivos secundários (cf. Bakhtin, 1992) em esfera de circulação institucional como parte dos processos de participação social. Nosso objetivo principal foi buscar descrever e compreender como os alunos do Cursinho Pré-Vestibular da UFSCar (unidade bairro Cidade Aracy II, em São Carlos) se apropriam dos mecanismos textuais e discursivos que implicam os modos de significação nos gêneros discursivos argumentativos, e como estes mecanismos se relacionam com as estruturas social e discursiva, possibilitando ao sujeito a sua participação em práticas letradas socialmente valorizadas. Para tanto, consideramos três pressupostos teóricos: os estudos sobre os gêneros discursivos no âmbito do processo de ensino/ aprendizagem de língua materna; a concepção tridimensional da linguagem na linha da teorização do lingüista inglês Norman Fairclough (2001); e, os Estudos sobre o Letramento. Direcionamos nosso estudo tanto para as questões referentes ao acesso e participação dos alunos em práticas de letramento diversificadas, quanto para os elementos textuais e discursivos a que os alunos recorrem no processo de produção dos textos dessas esferas sociais. Os dados coletados através de questionário semi-estruturado e a produção textual dos sujeitos de pesquisa demonstram que os alunos estão envolvidos num processo inicial de apropriação dos gêneros da esfera institucional. Estamos referindo-nos aos conhecimentos de certas normas e convenções lingüísticas, discursivas e sociais específicas de determinada instituição social (i.e. o Vestibular, a Universidade). Os resultados da pesquisa apontam para o fato de que o professor, como agente de letramento, precisa direcionar suas atividades com vistas a promover a ampliação dos conhecimentos prévios e particulares dos alunos, além de possibilitar-lhes, também, uma vivência mais efetiva em práticas sociais de leitura e escrita voltadas para certas atividades específicas. Nesse sentido, a partir da pesquisa qualitativa que desenvolvemos, pretendemos oferecer subsídios para: a) uma reflexão responsiva acerca das práticas escolares e os processos que envolvem a produção de textos argumentativos exigidos no vestibular; b) a compreensão das formas com que os elementos sociais e lingüísticos se relacionam dialeticamente no processo de ensino e aprendizagem de língua materna; c) a compreensão da questão inerente à mobilidade social, à construção da identidade social e às práticas voltadas para o domínio dos modos de produção de sentido na escrita e na oralidade em contextos sociais efetivamente significativos.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Linguísticapor
dc.subject.cnpqLINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record