Show simple item record

dc.creatorTurati, Carlos Alberto
dc.date.accessioned2016-06-02T20:25:15Z
dc.date.available2012-10-30
dc.date.available2016-06-02T20:25:15Z
dc.date.issued2012-02-24
dc.identifier.citationTURATI, Carlos Alberto. Particularidades ideológico-discursivas do gênero do discurso notícia: a compreensão do discurso alheio sob o paradigma da objetividade. 2012. 196 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2012.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5748
dc.description.abstractIn this work, we intend to investigate the guidance forms to other s discourse considering the news genre of discourse in the field of brazilian mainstream press. The introduction of the paradigm of objectivity, inserted in the 1950 years, was very important in the history of this sphere of activity. This paradigm has represented major structural changes in the composition of the news text and especially about the reported speech which, since then, it has become a privileged material to be articulated with the pretense of exempting journalistic discourse of any assessment about the fact reported. In the Brazilian press, the introduction of the paradigm of objectivity took place under some historical, economic and political context which required of the mainstream press self-assertion. In addition, the introduction of this paradigm also has occurred in a time when the technological conditions allow the reproduction of the photograph on a large scale. Thus the photographic image, supported by scientificist conceptions of mechanical objectivity, was added as a significant element to support values espoused under the paradigm of objectivity, also conditioning the practices of production and consumption of news. Based on these consideration, we intended to investigate the relationship established with the reported discourse, formed by the semiotic interaction of verbal and photography signs in the news genre of discourse. To accomplish this work, we sought support mainly in the bakhtinian Philosophy of Language, and specific theoretical and historic works about press and photojournalism. In addition, as support for our understandings, it was also considered some studies that deal specifically with photographic image. In order to operate our study, we selected a set of texts of editorship Cotidiano of the Folha de S. Paulo newspaper. In the analysis it was observed a peculiar trend for the use of syntactic forms of indirect speech and direct speech which correspond to the ideological refraction from the paradigm of objectivity. We also understand distinct forms of positioning of the photographic image in relationship with the some else discourse, which may emphasize or reduce the assessments of this kind of discourse, change its truth value, strengthen it or weaken it in the social hierarchy of values, justify or condemn it morally, scientifically and pragmatically, etc.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Minas Gerais
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAnálise do discursopor
dc.subjectGênero do discursopor
dc.subjectIdeologiapor
dc.subjectDiscurso citadopor
dc.subjectFotografiapor
dc.subjectGênero do discurso notíciapor
dc.subjectNews genre of discourseeng
dc.subjectIdeologyeng
dc.subjectReported speecheng
dc.subjectPhotographyeng
dc.titleParticularidades ideológico-discursivas do gênero do discurso notícia: a compreensão do discurso alheio sob o paradigma da objetividadepor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Miotello, Valdemir
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9131819326282708por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0516557306456087por
dc.description.resumoNesta dissertação procuramos investigar as formas de orientação para o discurso alheio no gênero do discurso notícia da grande imprensa brasileira. Na história desse campo de atividade, muito relevante foi a introdução do paradigma da objetividade que se instalou a partir dos anos de 1950. Esse paradigma representou importantes mudanças estruturais na composição do texto noticioso e, sobretudo, em relação ao discurso alheio que, desde então, tornou-se material privilegiado a ser articulado com a pretensão de isentar o discurso jornalístico de qualquer avaliação sobre o fato noticiado. Na imprensa brasileira, a introdução do paradigma da objetividade se deu sob determinadas particularidades históricas, políticas e econômicas que demandavam um processo de autoafirmação da grande imprensa. Além disso, a introdução desse paradigma também se deu num período em que as condições tecnológicas permitiam a reprodução da fotografia em grande escala. Assim, a imagem fotográfica, já amparada em concepções cientificistas de objetividade mecânica, entrou como elemento de peso para sustentar os valores defendidos sob a determinação do paradigma da objetividade e, inclusive, condicionando práticas de produção e consumo da notícia. Partindo dessas considerações, procuramos investigar a relação estabelecida com o discurso alheio constituída na interação semiótica do signo verbal e do fotográfico no gênero do discurso notícia. Para realizar nosso trabalho buscamos apoio principalmente na Filosofia da Linguagem bakhtiniana e em trabalhos específicos de teoria e história da imprensa e do fotojornalismo; além disso, para auxiliar nossas compreensões, buscamos apoio em alguns trabalhos que tratam especificamente da imagem fotográfica. Para operar nossa investigação selecionamos um conjunto de textos noticiosos do caderno Cotidiano do jornal Folha de S. Paulo. Em nossas análises pudemos perceber tendências de uso das formas sintáticas do discurso indireto e do discurso direto que correspondem à refração ideológica do paradigma da objetividade. Também pudemos compreender formas distintas de orientação da imagem fotográfica para o discurso alheio que podem enfatizar ou atenuar as avaliações desse discurso, modificar o seu valor de verdade, fortalecê-lo ou enfraquecê-lo na hierarquia social dos valores, justificá-lo ou condená-lo moralmente, cientificamente, pragmaticamente, etc.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Linguísticapor
dc.subject.cnpqLINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record