Show simple item record

dc.creatorAndretta, Pedro Ivo Silveira
dc.date.accessioned2016-06-02T20:25:19Z
dc.date.available2013-07-17
dc.date.available2016-06-02T20:25:19Z
dc.date.issued2013-05-27
dc.identifier.citationANDRETTA, Pedro Ivo Silveira. The contemporary reader and the work of Machado de Assis: a discourse analysis of amateur critique in blogs. 2013. 140 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2013.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5771
dc.description.abstractIn this study, we attempt to analyze the readings of a contemporary, peculiar community of Brazilian readers consisting of those who are at the same time new readers and new critics of Machado de Assis. To this end, our analysis investigated reviews posted by readers on their personal and/or public blogs, about works they read. We turn to French Discourse Analysis starting from its concern about the description and analysis of the forms of text production and interpretation, in particular, from its attention to constraints that act on each and every statement, as discussed in the oeuvre of Michel Foucault and Michel Pecheux. Additionally, we resort to Cultural History and to the notions of representation and appropriation, as presented by Roger Chartier in his works of historical viewpoint on the reader and reading. Such theories guided the analysis of a corpus consisting of blog posts dedicated to the review of classic works of Machado de Assis, namely "The Posthumous Memoirs of Brás Cubas", Dom Casmurro" and "Counselor Aires's Memoirs . Such reviews were produced and published between the years 2000 and 2010 by readers native to the digital age who, although occupying the position of apprentices with regard to commenting / criticizing literary works, assume the role of amateur critics" and post their comments based on their reading of those works. The analysis of this corpus seeks to raise some common traces of this reading community s profile that shares, among other characteristics, its relative familiarity with the world of production and circulation of texts on the Internet. More specifically, we seek those traits by analyzing the manner these readers formulate and lay down in their comments their reading of such works which, originally, where not aimed at them. The hypothesis that guided our investigation was that based on the Discourse Analysis assumption that every statement is regulated by a discursive order that operates at the moment of its production and interpretation, controlling it, limiting it it is prevented that anyone makes a statement, or interprets one, on his or her own terms. As it is proper, therefore, of the discursive functioning, those readers comments are generally governed by two orders of statement two sources of coercion that to some extent impose what and how to enunciate from this position of commentator of classic works of Brazilian literature. The first one concerns the regulation of these comments by the universe of authorized and prestigious criticism. The second relates to the constraints arising from the operation of the genres of digital origin, as the blog, and from the computer support itself. Those define specific ways to make a statement, given the new possibilities of production / circulation of texts (syncretic, brief, available / transmitted quickly and massively) and the audience to whom they are addressed. Thus, throughout this thesis we seek to note probable continuities and / or discontinuities in the discursive representations of the professional reader / critic and the amateur reader / critic of Brazilian canonical works of literature, with an emphasis on the characterization of the latter from the discourse analysis of what and how such works are commented. This analysis allowed us to confirm our hypothesis about these amateur readers / critics: producing a critical review appropriate to the medium and the genre of digital origin, those are presented in fairly autonomous, personal and even irreverent, desecrating ways about classics of literature. These do not match, thus, the style of official criticism. But, interestingly enough, such reader / critic says what he/she says, and in the way he/she says it, guided and limited by parameters of the latter order, as we will demonstrate.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.formatimage/pngpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectLeiturapor
dc.subjectLeitorespor
dc.subjectBlogs (Internet)por
dc.subjectHistória culturalpor
dc.subjectAnálise do discursopor
dc.subjectAssis, Joaquim Maria Machado de, 1839-1908por
dc.subjectLeitor contemporâneopor
dc.subjectCrítica literáriapor
dc.subjectLeitura e escrita na Internetpor
dc.subjectContemporary readereng
dc.subjectLiterary criticismeng
dc.subjectDiscourse Analysiseng
dc.subjectCultural Historyeng
dc.subjectInternet reading and writingeng
dc.subjectMachado de Assiseng
dc.titleO leitor contemporâneo e a obra de Machado de Assis: uma análise discursiva da crítica amadora em blogspor
dc.title.alternativeThe contemporary reader and the work of Machado de Assis: a discourse analysis of amateur critique in blogseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Ferreira, Luzmara Curcino
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4849994635754652por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3233724936156088por
dc.description.resumoNesta pesquisa, procuramos apreender o modo como lê uma comunidade de leitores brasileiros contemporâneos, bem peculiar, composta daqueles que atuam, ao mesmo tempo, como novos leitores e novos críticos da obra de Machado de Assis. Para esse fim, nossa análise recaiu sobre comentários, que são postados por esses leitores em blogs pessoais ou em blogs públicos, sobre suas leituras. Para tanto, recorremos à Análise de Discurso de orientação francesa, partindo de sua preocupação quanto à descrição e análise das formas de produção e de interpretação de um texto, em especial, de sua atenção às coerções que atuam sobre todo e qualquer enunciado, discutidas em trabalhos de Michel Foucault e de Michel Pêcheux. Recorremos ainda à História Cultural, e às noções de representação e de apropriação, conforme apresentadas por Roger Chartier em seus trabalhos, de viés histórico, sobre o leitor e a leitura. Essas teorias nortearam a análise de um corpus constituído por posts de blogs dedicados ao comentário de obras clássicas de Machado de Assis, a saber, Memórias Póstumas de Brás Cubas , Dom Casmurro e Memorial de Aires , produzidos e publicados entre os anos 2000 e 2010, por leitores nativos da era digital os quais, embora ocupem a posição de leigos, no que diz respeito à prática profissional de exercício do comentário/da crítica de obras literárias, assumem o papel de críticos amadores e postam seus comentários com base na leitura que realizaram dessas obras. A partir da análise desse corpus, buscamos levantar alguns traços do perfil dessa comunidade leitora que compartilha, entre outras características, uma relativa familiaridade com o universo de produção e circulação de textos pela internet. Mais especificamente, buscamos esses traços a partir da análise da maneira como esses leitores formulam e enunciam, em seus comentários, a leitura que fizeram destes textos que originalmente não lhes foram destinados. A hipótese que norteou nossa pesquisa foi a de que, partindo do pressuposto da AD de que todo dizer é regulado por uma ordem discursiva que atua quando de sua produção e quando de sua interpretação, controlando-as, limitando-as, evitando assim que qualquer um enuncie e leia o que se enunciou de qualquer jeito. Como é próprio, portanto, do funcionamento discursivo, os comentários desses leitores são regidos, de modo geral, por duas ordens do dizer, por duas fontes de coerção que impõem, até certo ponto, o que enunciar e como enunciar desse lugar de comentador de obras clássicas da literatura brasileira. A primeira diz respeito à regulação desses comentários pela ordem do universo da crítica autorizada e de prestígio. A segunda diz respeito às coerções oriundas do funcionamento dos gêneros de origem digital, como o blog, e do próprio suporte, o computador, que definem modos de dizer específicos, dadas as novas possibilidades de produção/circulação dos textos (sincréticos, breves, disponibilizados/transmitidos rápida e massivamente) e do público para o qual se dirigem. Assim, buscamos, ao longo desta dissertação, assinalar prováveis continuidades e/ou descontinuidades nas representações discursivas do leitor/crítico profissional e do leitor/crítico amador de obras da literatura canônica brasileira, com ênfase na caracterização desse último a partir da análise discursiva do o quê e do como ele comenta as obras lidas. Essa análise nos permitiu confirmar nossa hipótese, segundo a qual esses leitores/críticos amadores - apesar de aparentemente produzirem um comentário crítico que, adequado ao meio e ao gênero de origem digital, se apresenta de forma bastante autônoma, pessoal e até mesmo irreverente e dessacralizante acerca de clássicos da literatura, destoando, assim, do estilo da crítica oficial - dizem o que dizem, da forma como dizem, orientados e limitados pelos parâmetros do dizer dessa última ordem, como demonstraremos.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Linguísticapor
dc.subject.cnpqLINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record