Show simple item record

dc.creatorOliveira, Carolina Cardoso de
dc.date.accessioned2016-10-04T18:46:50Z
dc.date.available2016-10-04T18:46:50Z
dc.date.issued2016-05-05
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/7666
dc.description.abstractResearch in Terminology is extremely important for the dissemination of knowledge. This way, more studies with the objective of improving the terminological work are necessary and for this purpose, computer science has become an ally, helping the terminologist in his tasks. A computational tool that improves research in Terminology is the automatic extractor of candidate terms. The more refined and detailed the linguistic information present in these systems is, the more precise the list of candidates provided to the terminologist will be. Focusing on offering information to enrich the database used in these tools, this research carries out a morphological description of the terms of the domain of Plagues and sugarcane diseases and a verification of the most productive processes of word formation. The terms considered in this research were obtained in an end of course project, entitled The terminology of sugarcane plagues, developed in 2013. There are 135 terms which were analyzed according to the classification proposed by Correia and Almeida (2012). From this total: 135 are importation of words, 16 are syntagmatic lexicalizations, 10 are formed by suffixal derivation, only 2 cases of semantic extension, 1 of non-affixal derivation and 1 of morphosyntatic composition. With the proposed morphological description, we expect to enhance the morphological database being elaborated by GETerm, offering, this way, resources for the future implementation of semiautomatic extractors of terms that make use of linguistic knowledge, improving its performance. We also hope to contribute with the advance in morphological studies in Portuguese terminologies.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectMorfologia derivacionalpor
dc.subjectTerminologiapor
dc.subjectPragas da cana-de-açúcarpor
dc.subjectDerivational morphologyeng
dc.subjectTerminologyeng
dc.subjectSugarcane plagueseng
dc.titleAnálise morfológica dos termos das pragas da cana-de-açúcar : subsídios para organização de uma base de dados morfológicos para o portuguêspor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Almeida, Gladis Maria de Barcellos
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4046789388750478por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1209152572833374por
dc.description.resumoAs pesquisas em Terminologia são de extrema importância para a disseminação do conhecimento. Nesse sentido, é necessário que se façam cada vez mais estudos com o objetivo de aprimorar o trabalho terminológico e, para isso, a informática se tornou uma aliada, auxiliando o terminológo na realização de suas tarefas. Uma ferramenta computacional que aperfeiçoa o trabalho em Terminologia são os extratores automáticos de candidatos a termos. Quanto mais finas e detalhadas forem as informações linguísticas presentes nesses sistemas, maior a precisão da lista de candidatos que eles irão fornecer ao terminológo. Com o objetivo de oferecer informações para enriquecer as bases de dados utilizadas nessas ferramentas, propomos nesta dissertação descrever morfologicamente os termos do domínio das Pragas e doenças da cana-de-açúcar e verificar os processos de formação de palavras mais produtivos. Os termos aqui considerados foram obtidos no Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), intitulado A terminologia das pragas da cana-de-açúcar, desenvolvido em 2013. São 135 termos que foram analisados segundo a classificação proposta por Correia & Almeida (2012). Desse total: 135 são importação de palavras, 16 são lexicalizações sintagmáticas, 10 são formados por derivação sufixal, apenas dois casos de extensão semântica, um de derivação não afixal e um de composição morfossintática. Com a descrição morfológica aqui realizada, espera-se enriquecer a base de dados morfológicas em elaboração pelo GETerm, oferecendo, assim, subsídios para a futura implementação em extratores semiautomáticos de termos que se utilizam de conhecimento linguístico, de maneira a melhorar o seu desempenho. Também esperamos contribuir para o avanço de estudos morfológicos de terminologias do português.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Linguísticapor
dc.subject.cnpqLINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICApor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record