Show simple item record

dc.creatorTassinari, Ana Maria
dc.date.accessioned2019-11-22T14:44:50Z
dc.date.available2019-11-22T14:44:50Z
dc.date.issued2019-06-26
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/12065
dc.description.abstractThis study aimed at analyzing the formation and acting of Adult Education teachers regarding intellectually disabled students. As specific objectives, this study aimed at: (a) characterizing the formation of Adult Education teachers and their knowledge about special education; (b) identifying the demands of Adult Education teachers concerning their acting with intellectually disabled students; (c) developing a formation program for Adult Education teachers, aiming at a reflexive process of the teaching practice in an inclusive context. In order to do so, we relied on the systematization of the collaborative action research with qualitative approach. This study was held in a municipality of the northern region of the State of São Paulo. Participated in this research seven Adult Education teachers who act in Elementary School and work with intellectually disabled students. Based on the intended objectives, the data collection was organized in three phases: characterization of the pedagogical practice, identification of the teachers’ demands and Reflexive Formation. The instuments used for collecting data developed by the researcher were: (a) observation script in class, (b) semistructured interview script for Adult Education teachers acting with intellectually disabled students, (c) field diary, (d) virtual classroom, and (e) reflexive formation. With the collected data, we used the category content analysis technique, which were analyzed and organized. The results show aspects related to: Adult Education teachers formation and knowledge in special education; teachers’ conception and experience about inclusion in Adult Education; organization and teaching in Adult Education with intellectually disabled students; and contributions of reflexive formation for teaching. Results showed that teachers do not feel prepared to inclusion because of the lack of a theoretical, technical and methodological preparation. Also, they support of specialized professionals to monitor and guide students, persisting, still, in a traditional practice, with expository lessons, using practices which are not proper to inclusion. About reflexive formation, teachers indicate contributions of the formative process to teaching reflexion, specially regarding practices and perceptions with intellectually disabled students.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectEducação especialpor
dc.subjectEducação de Jovens e Adultospor
dc.subjectDeficiência intelectualpor
dc.subjectFormação continuada reflexivapor
dc.subjectSpecial educationeng
dc.subjectAdult educationeng
dc.subjectIntellectual disabilityeng
dc.subjectReflexive continuous trainingeng
dc.titleFormação e prática pedagógica de professores da EJA junto a estudantes com deficiência intelectualpor
dc.title.alternativeFormation and pedagogical practice of adult education teachers for students with intellectual disabilitieseng
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Campos, Juliane Aparecida de Paula Perez
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3169299095370522por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9239293467958080por
dc.description.resumoEsta pesquisa teve como objetivo geral analisar a formação e atuação do professor da Educação de Jovens e Adultos junto aos alunos com deficiência intelectual, matriculados na modalidade de ensino da Educação de Jovens e Adultos. E, como objetivos específicos: (a) caracterizar a formação dos professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e seus conhecimentos sobre conteúdos da educação especial; (b) identificar as demandas dos professores da Educação de Jovens e Adultos (EJA) quanto à atuação junto aos alunos com deficiência intelectual; (c) desenvolver um programa de formação para os professores da EJA, visando um processo reflexivo da prática docente no contexto inclusivo. Para tanto, recorreremos à sistematização da pesquisa- ação colaborativa com abordagem qualitativa. A pesquisa foi realizada em um município da região norte do Estado de São Paulo. São participantes da pesquisa sete professores da Educação de Jovens e Adultos que atuam no ensino fundamental II e que têm em suas salas alunos com deficiência intelectual. Tendo em vista os objetivos previstos, a coleta de dados foi organizada em três etapas, a saber: caracterização da prática pedagógica, identificação das demandas dos professores e Formação Reflexiva. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados e elaborados pela pesquisadora foram: (a) roteiro de observação em sala de aula, (b) roteiro semiestruturado de entrevista para Professor da Educação de Jovens e Adultos com alunos com deficiência intelectual, (c) diário de campo, (d) sala de aula virtual e, (e) formação reflexiva. De posse dos dados coletados, utilizamos a técnica de análise categorial de conteúdo, os quais foram analisados e organizados. Os resultados da pesquisa apresentam aspectos relacionados: à Formação de professores da Educação de Jovens e Adultos e ao conhecimento na área da educação especial; Concepção e Experiências dos professores sobre a inclusão escolar na Educação de Jovens e Adultos; Organização e atuação docente nos espaços da Educação de Jovens e Adultos junto ao aluno com deficiência intelectual e Contribuições da formação reflexiva para a atuação docente. Os resultados evidenciaram que os professores não se sentem preparados à inclusão escolar, devido à ausência de um preparo mais teórico-técnico-metodológico, bem como do apoio de profissionais especializados para acompanhar o aluno e orientá-los em sua prática pedagógica, persistindo ainda em uma prática tradicional pautada por aulas expositivas, deixando transparecer práticas pouco adequadas à inclusão. Sobre a formação reflexiva, os professores indicam contribuições do processo formativo para a reflexão da atuação docente, especialmente em relação às práticas e percepções junto ao aluno com deficiência intelectual.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Educação Especial - PPGEEspor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::ENSINO-APRENDIZAGEMpor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil