Show simple item record

dc.creatorFreitas, Lucas Cordeiro
dc.date.accessioned2016-06-02T19:44:09Z
dc.date.available2011-10-13
dc.date.available2016-06-02T19:44:09Z
dc.date.issued2011-03-28
dc.identifier.citationFREITAS, Lucas Cordeiro. Habilidades sociais de crianças com diferentes necessidades educacionais especiais: comparações múltiplas. 2011. 205 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2883
dc.description.abstractEvaluation studies about social skills of children have shown that in general there is an impairment of social skills in learning disabilities, sensory disabilities and other conditions of special educational needs. However, there is a gap in the literature as to a broader comparison of social skills of a greater diversity of populations of children, including sensory disabilities, mental retardation, children with attention deficit hyperactivity disorder, autism, behavior problems, learning disabilities, among others. The paucity of comparative studies to evaluate children with different special needs has hindered the production of empirical knowledge about specific issues to each population. Moreover, the lack of comparative evaluation studies has been an obstacle to the identification of needs that might guide the goals of educational and therapeutic interventions in social skills among children with different developmental characteristics. This study aimed to fill part of this gap and its goals was: (a) to compare, based on teacher evaluation, the repertoire of social skills of children from 12 different groups of special educational needs among themselves and with the normative sample of the Social Skills Rating System- SSRS-BR (Autism, Hearing Impairment, Mild Mental Retard, Moderate Mental Retard, Visual Impairment, Phonological Disorder, Learning Disabilities, Giftedness and Talent, Externalizing Behavior Problems, Internalizing Behavior Problems, Internalizing and Externalizing Behavior Problems and Attention Deficit Hyperactivity Disorder), (b) identify resources and deficits in social skills from each of the 12 groups and (c) assess the degree of prediction of different special educational needs on the repertoire of social skills of the children. Teachers of 120 students in regular and special schools, aged between six and 14 years, from four states, responded to the SSRS-BR to assess the social skills of their students. The results showed that the special needs that had a lower frequency of social skills compared to the other were also the best predictor of deficits in this area, according to the regression analysis performed: ADHD, Autism, Internalizing and Externalizing Behavior Problems and Externalizing Behavior Problems. Furthermore, the groups that most often presented these skills were Gifted and Talented, Children with Visual Impairment and Mild Mental Retard. The comparative analysis identified resources and deficits in specific social skills to each of the 12 participating groups. The results were discussed in relation to the intervention needs of each population, providing possible educational and therapeutic implications.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Minas Gerais
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectHabilidades sociaispor
dc.subjectCriançaspor
dc.subjectEducação especialpor
dc.subjectProblemas de comportamentopor
dc.subjectDificuldades de aprendizagempor
dc.subjectAvaliação psicológicapor
dc.subjectProfessorespor
dc.subjectSocial skillseng
dc.subjectChildreneng
dc.subjectSpecial educational needseng
dc.subjectBehavioral problemseng
dc.subjectLearning disabilitieseng
dc.subjectAssessmenteng
dc.subjectTeachereng
dc.titleHabilidades sociais de crianças com diferentes necessidades educacionais especiais: comparações múltiplaspor
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Del Prette, Zilda Aparecida Pereira
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8113238388739093por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9607932972038616por
dc.description.resumoOs estudos de avaliação de habilidades sociais de crianças tem mostrado que, em geral, existe um comprometimento de habilidades sociais na deficiência intelectual, deficiências sensoriais e outras categorias de necessidades educacionais especiais. Ha, entretanto, uma lacuna existente na literatura quanto a uma comparação mais ampla do repertorio social de uma diversidade maior de populações de crianças, que inclua, simultaneamente, deficiências sensoriais, deficiência intelectual, crianças com deficit de atenção e hiperatividade, autismo, problemas de comportamento, dificuldades de aprendizagem, dentre outros. A escassez de estudos comparativos de avaliação de crianças com diferentes condições que decorrem em necessidades especiais tem dificultado a produção de conhecimentos sobre questões empíricas próprias, especificas de cada população. Alem disso, a carência de estudos de avaliação comparativos tem sido um obstaculo para a identificação de necessidades que poderiam nortear os objetivos de intervenções educacionais e terapêuticas em habilidades sociais junto a crianças com diferentes características desenvolvimentais. O presente estudo visou suprir parte dessa lacuna, tendo como objetivos: (a) comparar, com base na avaliação do professor, o repertorio de habilidades sociais de crianças de 12 diferentes categorias de necessidades educacionais especiais, entre si e com a amostra normativa do Sistema de Avaliação de Habilidades Sociais SSRS-BR (Autismo, Deficiência Auditiva, Deficiência Intelectual Leve, Deficiência Intelectual Moderada, Deficiência Visual, Desvio Fonológico, Dificuldades de Aprendizagem, Dotação e Talento, Problemas de Comportamento Externalizantes, Problemas de Comportamento Internalizantes, Problemas de Comportamento Internalizantes e Externalizantes e Transtorno de Deficit de Atenção e Hiperatividade); (b) identificar recursos e déficits em habilidades sociais de cada um dos 12 grupos e (c) verificar o grau de predição das diferentes categorias de necessidades educacionais especiais sobre o repertorio de habilidades sociais das crianças. Participaram da pesquisa os professores de 120 estudantes de escolas regulares e especiais, com idades entre seis e 14 anos, de quatro estados brasileiros, que responderam ao SSRS-BR, avaliando as habilidades sociais de seus alunos. Os resultados apontaram que as categorias de necessidades especiais que apresentaram menor frequência de habilidades sociais em comparação as outras foram também as melhores preditoras de déficits nessa área, de acordo com as analises de regressão realizadas: TDAH, Autismo, Problemas de Comportamento Internalizantes e Externalizantes e Problemas de Comportamento Externalizantes. Por outro lado, os grupos com maior frequência dessas habilidades foram os de crianças Dotadas e Talentosas, com Deficiência Visual e Deficiência Intelectual Leve. As analises comparativas permitiram ainda identificar recursos e déficits em habilidades sociais especificas para cada um dos 12 grupos participantes. Os resultados foram discutidos tendo em vista as necessidades de intervenção de cada população, com possíveis implicações educacionais e terapêuticas.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educação Especialpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO ESPECIALpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record