Mostrar registro simples

dc.creatorRezende, Evelin Oliveira de
dc.date.accessioned2016-06-02T19:46:26Z
dc.date.available2014-02-06
dc.date.available2016-06-02T19:46:26Z
dc.date.issued2013-04-05
dc.identifier.citationREZENDE, Evelin Oliveira de. Teacher training and intervention of the pedagogic national curricular guidelines for special education. 2013. 214 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2013.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/3152
dc.description.abstractThis research aims to study the issue of pedagogue initial training and also to investigate which concept the last year undergraduate students from Pedagogy Courses have on Special Education in the inclusive education perspective and; how the Especial Education from inclusive education perspective has been considered in two Pedagogy Courses; analyze from Pedagogic National Curricular Guidelines how we contemplate the teacher formation articulated with the Special Education. The study is theoretically based on three guiding principles: initial teacher education, initial training interfaces with the Special Education and public policies that describe Special Education. The study included 28 students from the last year of Pedagogy Courses. The data collection was conducted in two institutions of higher learning located in two medium-sized cities in the State of São Paulo. The instruments used were questionnaires and documents from the Pedagogy Courses studied. Data analysis consisted of qualitative approach with content analysis technique to the questionnaire data and qualitative approach with document analysis technique to analyze the documents related to the Political Pedagogical Project, the curricular matrix and the amendments of the disciplines from two Pedagogy Courses. The results reveal that the undergraduate students do not feel prepared to work with the Special Education theme; it is observed that it is necessary a harmony between the Pedagogy Course initial training for the teaching reality and the pedagogical practice in the inclusive education school context. Regarding the analysis results of two curricular matrixes, the data show that both courses studied provide little discussion in the Special Education Field, in order to meet the guidelines established by the National Curriculum Guidelines for Pedagogy Course from the CNE/CP No 1/2006 since they offer at least one required course on Special Education in their curricular matrix, which looks forward to approaching content related , among others, to teacher training that aims to identify, get in contact and work with special need students enrolled in regular schools. The terms of the student needs related to training in Special Education centralize the demands that disorganize or that disadvantage the academic teaching support and the initial training linked to the initiation to teaching. It is proposed that the Pedagogy Course curricular matrixes focus on the interdisciplinary work, in which professors seek for the theorical articulation, practice and that they inter-relate the different contents through Special Education theme aiming the teacher education for the inclusive reality in the educational environment. In the two courses studied, it was noted the intention, even if small, to consolidate more and more the interdisciplinary space in the academic setting.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Sao Carlos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEducação especialpor
dc.subjectProfessores - formação inicialpor
dc.subjectCurso de pedagogiapor
dc.subjectCurso de pedagogiapor
dc.subjectDiretrizes curriculares nacionais da pedagogiapor
dc.subjectInitial teaching trainingeng
dc.subjectPedagogy courseseng
dc.subjectSpecial educationeng
dc.subjectPedagogy of the national curriculum guidelineseng
dc.titleFormação de professores e a interveniência das diretrizes curriculares nacionais da pedagogia para educação especialpor
dc.title.alternativeTeacher training and intervention of the pedagogic national curricular guidelines for special educationeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Toyoda, Cristina Yoshie
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5872141115382552por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7641254204592407por
dc.description.resumoA presente pesquisa tem como objeto de estudo a temática da formação inicial de Pedagogos. Objetivou investigar qual concepção os graduandos do último ano de Cursos de Pedagogia possuem sobre Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva; de que modo a Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva tem sido considerada em dois Cursos de Pedagogia; analisar, a partir das Diretrizes Curriculares Nacionais da Pedagogia (BRASIL, 2006), como se contempla a formação de professores articulada com a Educação Especial. O estudo está fundamentado teoricamente em três pilares norteadores: formação inicial de professores, formação inicial com interfaces na Educação Especial e políticas públicas que tecem a Educação Especial. Participaram deste estudo 28 estudantes do último ano de Cursos de Pedagogia. A coleta de dados foi realizada em duas Instituições de Ensino Superior, localizadas em duas cidades de porte médio no interior do Estado de São Paulo. Os instrumentos utilizados foram: questionários e documentos dos Cursos de Pedagogia estudados. A análise dos dados consistiu na abordagem qualitativa com técnica de análise de conteúdo para os dados do questionário e abordagem qualitativa com técnica de análise documental para analisar os documentos referentes ao Projeto Político Pedagógico, a matriz curricular e as ementas das disciplinas de dois Cursos de Pedagogia. Os resultados revelam que os universitários não se sentem preparados por seus Cursos de graduação para atuarem com o tema de Educação Especial, observa-se que é preciso uma sintonia entre a formação inicial dos Cursos de Pedagogia e a realidade do trabalho docente junto à prática pedagógica no contexto escolar da educação na Perspectiva da Educação Inclusiva. Quanto aos resultados da análise dos dois programas curriculares, os dados apontam que o currículo estudado de ambos os Cursos proporcionam pouca discussão na área da Educação Especial, ainda que atendam aos preceitos estabelecidos nas Diretrizes Curriculares Nacionais da Pedagogia, a partir da Resolução CNE/CP nº 1/2006, por ofertarem no mínimo uma disciplina obrigatória sobre Educação Especial em sua matriz curricular, as quais buscam abordar conteúdos relacionados à formação do professor que visa atuar, conhecer e identificar alunos com deficiência e/ou necessidades educacionais especiais matriculados na educação regular, dentre outros. As expressões das necessidades dos estudantes referentes a uma formação em Educação Especial centralizam as demandas que desestruturam ou que desfavorecem a sustentação do ensino acadêmico e da formação inicial atrelada à iniciação a docência. Nos dois Cursos estudados pode-se notar o intuito, ainda que tímido, de consolidar-se cada vez mais o espaço interdisciplinar no cenário acadêmico. Propõe-se que os currículos dos Cursos de Pedagogia pautem-se no trabalho interdisciplinar, em que os docentes procurem articulação teórica, prática e que inter-relacionem os diferentes conteúdos por meio do tema Educação Especial ao objetivar a formação do professor para a realidade da perspectiva inclusiva no ambiente educacional.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educação Especialpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO::TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO ESPECIALpor


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples